Quinta-feira, 21 de Abril de 2011

Notícia sobre a palestra "PNSAC"


 Publicada em "O Portomosense" Edição nº687, 14 de Abril de 2011

publicado por pnsac-viveatuanatureza às 02:04

link do post | comentar | favorito

Palestra "PNSAC"

No dia 31 de Março de 2011 o nosso grupo realizou uma palestra sobre o PNSAC no auditório da Caixa Agrícola de Porto de Mós.

Na mesma trataram-se os seguintes temas: Áreas Protegidas e o PNSAC enquanto área protegida; História e características do PNSAC; Limitações e legislação; Fauna e flora; Recursos Hídricos e grutas; Ambiente e  poluição; Segurança, protecção e prevenção; Turismo-Natureza (pontos turísticos); Desporto-Natureza e segurança no desporto e Fontes de rendimento e actividades humanas.

Para aprofundar alguns deles contámos ainda com a presença de alguns convidados: a coordenadora da Ecoteca Maria João Dias, o professor João Ribeiro, o espeleólogo Olímpio Martins e o comandante dos GIPS Rui Teixeira.

 

Decoração do auditório

 

Exposição

 

 

Palestra

publicado por pnsac-viveatuanatureza às 01:48

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 19 de Abril de 2011

Projecto de preservação da Gralha-de-Bico-Vermelho

Um rebanho de cabras, a instalação de um estábulo colectivo e a certificação do cabrito e do queijo da Serra dos Candeeiros podem ajudar a preservar a Gralha-de-Bico-Vermelho, ave em vias de extinção em Portugal.
A explicação está no projecto que a associação ambientalista Quercus e a Vodafone apresentaram em Chãos, freguesia de Alcobertas (Rio Maior), na parte sul da Serra dos Candeeiros, em área pertencente ao Parque Natural das Serras d'Aire e Candeeiros (PNSAC).

 



Para dar à Gralha-de-Bico-Vermelho, ave insectívora muito dependente de ecossistemas agro-pastoris extensivos criados pelo Homem, condições para garantir a continuidade da espécie, a Quercus elaborou o projecto no âmbito do programa "Criar bosques, conservar a biodiversidade 2008/2012".
A Vodafone abraçou a iniciativa, que tem uma duração prevista de cinco anos e um custo estimado de 150.000 euros, patrocinando-o na sua totalidade.

Além da criação de um rebanho comunitário, que inicialmente terá 50 cabras mas poderá chegar às 150, da instalação de um estábulo colectivo e de sala de ordenha e da certificação do cabrito e do queijo, o projecto prevê a intervenção em 12 algares frequentados ou com potencial de nidificação destas aves.
Para melhorar os habitats de alimentação, o projecto aposta na promoção do pastoreio de passagem, procurando na parceria com a comunidade local a garantia da sua continuidade.
Em Chãos, aldeia de 120 habitantes que não tem perdido população, existem três pastores, considerados "agentes de conservação da biodiversidade", disse.

O projecto da Quercus e da Vodafone enquadra-se no programa Business & Biodiversity, lançado pela União Europeia e que tem como principal promotor em Portugal o Instituto da Conservação da Natureza e da Biodiversidade (ICNB).
O objectivo essencial deste programa é sensibilizar e envolver as empresas na problemática da biodiversidade, a par da Meta 2010, iniciativa lançada em 2004 por Governos, ONGs, empresas e outras entidades, na sequência da Cimeira Mundial sobre Desenvolvimento Sustentável de 2002, de que a Quercus é parceira.
Publicado no "O Mirante"

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por pnsac-viveatuanatureza às 11:05

link do post | comentar | favorito

Planta do PNSAC no combate à doença de Alzheimer

Os extractos de uma espécie de sálvia encontrada nas serras d’Aire e Candeeiros (Salvia sclareoides), podem ajudar a controlar o desenvolvimento da doença de Alzheimer. As conclusões são de um estudo conduzido por investigadores portugueses desde 1992 e que se encontra em fase de registo de patente.

“Vários extractos da espécie de sálvia que estudámos provocam inibições bastante potentes de enzimas envolvidas na patologia de Alzheimer”, disse à Agência Lusa Amélia Pilar Rauter, directora do Grupo de Quimica dos Glicidios da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, que lidera a pesquisa com Jorge Justino, presidente do Conselho Directivo da Escola Superior Agrária de Santarém. (ESAS)

O estudo demonstrou a acção dos extractos desta espécie de sálvia em duas enzimas envolvidas nas neurotransmissões cerebrais o que, segundo Jorge Justino, não permite curar, mas controlar o progressão da patologia. A importância desta descoberta está no baixo custo, na actividade biológica relevante e na ausência de toxicidade. De acordo com este investigador, até a infusão em água (chá) desta planta pode ser utilizada como terapia na doença de Alzheimer. (...)
Ler mais em "PERFOMANCE ONLINE"

 

publicado por pnsac-viveatuanatureza às 10:57

link do post | comentar | favorito

Há Vida na Serra

Numa aldeia de 170 habitantes reside uma das associações mais dinâmicas da região. A cooperativa Terra Chã, nascida no seio do Rancho Folclórico de Chãos, localidade do concelho de Rio Maior, aposta em várias frentes para colocar a aldeia no mapa do desenvolvimento sustentado.

Que relação pode haver entre a criação de um rebanho comunitário e a preservação de uma espécie como a gralha de bico vermelho? A resposta, para quem não saiba, é dada pela Cooperativa Terra Chã, uma dinâmica organização sedeada em Chãos, aldeia da freguesia de Alcobertas, concelho de Rio Maior. O rebanho de cabra serrana ribatejana, outra espécie cada vez menos comum, vai permitir repor o equilíbrio ambiental em zonas da serra dos Candeeiros onde já não há pastorícia.

“Com o abandono dos campos os rebanhos deixaram de ir para a serra com regularidade. Porque têm alimento cá em baixo”, explica António Frazão, um dos dirigentes da Terra Chã. E sem predadores, a vegetação evolui, transforma-se e precipita a modificação da fauna que vive nesse ecossistema. É aí que entra o rebanho, uma espécie de fiel da balança que impede a modificação abrupta da flora e o desaparecimento da zona de espécies como a gralha de bico vermelho. “Está provado que o pastoreio é importante e tem de andar de mãos dadas com a preservação da natureza, acrescenta.
(...)Ler mais no "O MIRANTE".

 

publicado por pnsac-viveatuanatureza às 10:49

link do post | comentar | favorito

Morcegos: preservar espécies em perigo é o lema

No âmbito da Comemoração do Dia Internacional da Diversidade Biológica o Centro Ciência Viva do Alviela – CARSOSCÓPIO dá destaque à espécies de morcegos em perigo, promovendo uma “Noite dos Morcegos” gratuita.

No próximo dia 22 de Maio celebra-se o Dia Internacional da Diversidade Biológica, data instituída pelas Nações Unidas com o intuito de consciencializar o público para as questões da preservação da biodiversidade.

Sendo a biologia um dos temas centrais deste espaço de divulgação científica e tecnológica, o Centro Ciência Viva do Alviela – CARSOSCÓPIO promove, para assinalar a data, uma “Noite dos Morcegos” gratuita. Nesta acção, após a experimentação dos módulos interactivos do “Quiroptário”, será possível acompanhar ao vivo a saída dos morcegos para caçar junto à entrada da Lapa da Canada, gruta que abriga cerca de 5.000 indivíduos, de 12 espécies diferentes (9 delas em perigo de extinção), constituindo uma das mais importantes colónias de criação em Portugal.

Com o apoio de técnicos especializados, serão abordadas questões relacionadas com os mitos que envolvem estas espécies nocturnas de vida silenciosa e discreta, bem como aspectos relevantes da morfologia e ecologia dos morcegos. Com recurso a um detector de ultra-sons, os participantes podem ainda identificar as diferentes espécies de quirópteros presentes no Alviela

A “Noite dos Morcegos” tem início às 19h30, sendo a inscrição gratuita e obrigatória (limite mínimo de 6 participantes e máximo de 20). Para mais informações, consultar http://www.alviela.cienciaviva.pt

 

 

publicado por pnsac-viveatuanatureza às 10:39

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 5 de Abril de 2011

Birdwatching

publicado por pnsac-viveatuanatureza às 18:26

link do post | comentar | favorito

.pesquisar

 

.Junho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Notícia sobre a palestra ...

. Pedreiras: Sim ou Não?

. A gralha-de-bico-vermelho...

. I BIKE TOUR

. Curiosidades sobre o símb...

. Resíduos depositados ileg...

. IV ENCONTRO DE SABERES - ...

. DIA MUNDIAL DO VIGILANTE ...

. Vigilantes da Natureza es...

. Estação de tratamento de ...

.arquivos

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

.mapas

.O Parque Natural

O Parque Natural

.Fauna

O PNSAC e a sua fauna

.Flora

O PNSAC e a sua flora

.Maravilhas do PNSAC

As maravilhas do nosso Parque

.Notícias do PNSAC

Notícias relacionadas com o PNSAC